05 julho 2016

Ex-assessor de presidente chinês é condenado à prisão perpétua por corrupção

Ling Jihua, um dos principais assessores do ex-presidente chinês Hu Jintao, foi condenado à prisão perpétua nesta segunda-feira por corrupção em um
caso envolvendo obtenção de segredos de Estado e abuso de poder.

A investigação sobre ele começou no fim de 2014 e o julgamento ocorreu a portas fechadas. Segundo a agência estatal de notícias Xinhua, a esposa de Jihua depôs como uma das testemunhas de acusação.

O tribunal julgou que Ling Jihua “abusou de seu poder e causou um impacto terrível sobre a sociedade”. O ex-assessor foi acusado de embolsar quase 12 milhões de dólares com propinas.

Ling acatou a acusação e não recorreu. Ele foi vice-presidente do 12º Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC) e chefe do Departamento de Trabalho da Frente Unida do Partido Comunista da China (PCC), antes de ser afastado no fim de 2014 por conta das investigações contra ele. (Coluna do Moreno)
Fonte: Ney Lopes
Postada por Interina

0 comentários:

Postar um comentário

Translate