11 junho 2016

Justiça eleitoral recebe lista com quase 200 nomes inelegíveis no RN

Candidatos podem tirar dúvidas sobre a campanha deste ano se inscrevendo na Semana da Eleição Legal.


Considerando todo o país, 6,7 mil gestores públicos encontram-se inelegíveis por terem suas contas rejeitadas por irregularidades.

SELO_ELEICOES
A Justiça eleitoral recebeu nesta quarta-feira (10) uma lista com quase 200 nomes de gestores públicos do Rio Grande do Norte que tiveram contas rejeitadas por irregularidades insanáveis por tribunais de contas. Por causa disso, esses políticos podem ficar inelegíveis para as eleições deste ano. Confira a lista.

Considerando todo o país, 6,7 mil gestores públicos encontram-se inelegíveis por terem suas contas rejeitadas por irregularidades. Segundo a Lei de Inelegibilidades (LC 64/1990), conhecida como Lei da Ficha Limpa, quem exerceu cargo ou função pública, teve as contas de sua gestão rejeitadas e não há mais como recorrer da decisão não pode se candidatar a um cargo eletivo nas eleições que ocorrerem nos oito anos seguintes após a data da decisão final.

Para evitar problemas com a justiça, os pré-candidatos podem tirar suas dúvidas acompanhando a Semana da Eleição Legal, que acontece entre os dias 20 e 24 de junho. Além de tirar dúvidas em relação à legislação eleitoral, o evento promovido pelo portal Nominuto.com irá trazer uma série de vídeos com tendências e soluções para o pleito deste ano. Inscreva-se!

Em tempo: a relação ainda cita gestores já falecidos (CLIQUE AQUI para conferir a lista por unidades da Federação).

0 comentários:

Postar um comentário

Translate