27 maio 2016

Temer ouve apelos para 'enxurgar' privilégios no governo

 Ele coleciona pedidos para acabar privilégios no setor público
 
A fabulosa estrutura do governo com suas mordomias e privilégios precisa sofrer cortes profundos.

Publicidade Têm sido insistentes as sugestões para o presidente Michel Temer implantar uma “revolução” no setor público, a fim de torná-lo eficiente, com um sistema remuneratório vinculado ao cumprimento de metas. E eliminando privilégios tipicamente brasileiros, que custam caro, como carros oficiais, casas e apartamentos funcionais, auxílio-residência, auxílio-paletó, “direito” a primeira classe em viagens aéreas etc. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O sistema de cumprimento de metas, adotado ainda em alguns estados e municípios, favorece o servidor comprometido com o trabalho.

Em países desenvolvidos, somente chefes de poder têm privilégios. E carro oficial é ambulância, viatura policial e caminhões de bombeiros.

A ideia seria articular o engajamento dos três poderes na modernização e enxugamento de privilégios no setor público.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate