21 maio 2016

Professores da UERN aderem à Paralisação Geral do funcionalismo público

DSC_0567

Reunidos em assembleia na manhã de hoje (20), docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) apreciaram a proposta de um indicativo de greve, motivado pelos recorrentes atrasos nos pagamentos  dos servidores da instituição de ensino. A assembleia teve ampla participação dos/as professores/as, que democraticamente debateram sobre os rumos do movimento docente da UERN.
Após ampla discussão, a categoria definiu que é necessário somar forças com outros setores do funcionalismo público estadual, articulando assim um movimento mais expressivo, que possa pressionar o Governo do Estado a cumprir seus compromissos e  assegurar direitos conquistados dos trabalhadores/as do RN.
Desta forma, os docentes aprovaram que irão aderir à paralisação geral do funcionalismo público estadual, que ocorrerá no dia 02 de Junho, e é convocada pelo Fórum de Servidores Estaduais. Na oportunidade haverá uma marcha pelas ruas do Natal, saindo do Hospital Walfredo Gurgel até a Governadoria do Estado. Na pauta do movimento estão inclusas reivindicações sobre o pagamento do salário em dia, garantia do pagamento do 13º salário, rejeição do PL 257 e da proposta de implementação do regime de previdência complementar do estado.
O Fórum dos Servidores Potiguares é composto pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (Sinai), Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol RN), Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde RN), Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte (Sinsp RN) além da ADUERN.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate