29 fevereiro 2016

Barba, cabelo e cerveja: barbearias conquistam público e caem no gosto dos natalenses

Entre navalhas, tesouras e lutas de UFC, estabelecimentos se diferenciam pelo tratamento personalizado.
Ricardo Junior/Nominuto
Mais do que um lugar para cuidar da aparência, as novas barbearias são verdadeiros locais de entretenimento para os homens.
A estética masculina nunca esteve tão em alta. O homem está mais preocupado com a aparência e isso é reflexo de uma sociedade cada vez mais exigente. Cuidar das unhas, da pele, ter um corte de cabelo bacana e uma barba bem feita já faz parte da rotina de muitos.
Os salões de beleza são tradicionalmente montados para agradar as mulheres. O ambiente, dominado pelo público feminino, se torna um lugar incomum quando frequentado pelos homens.
Cervejas, lutas de Ultimate Fighting Championship (UFC), uma boa música e navalhas afiadas compõe o espaço masculino. Mais do que um lugar para cuidar da aparência, as novas barbearias cuidam mesmo é do bem-estar.
A paixão por cervejas artesanais e a necessidade de um ambiente para atender os amigos, fez o publicitário Rafael Costa, de 31 anos, pensar além. 
Há um ano e dois meses ele mora na capital potiguar, e há 10 meses ele resolveu abrir o próprio negócio: A barbeariaGodfather’s. 
“Queríamos criar um espaço diferenciado. Não só para cortar o cabelo e fazer a barba, mas que oferecesse todo um momento para a pessoa que passa por aqui”, explica.
O local é um sucesso. Pioneiro na capital potiguar, em menos de um ano ele já está expandido a loja. A inauguração está prevista para março. 
“Além dos serviços já consagrados vamos aprimorar com linha de gastronomia. Teremos novas cervejas, vinhos, whiskies, espaço para motociclistas - onde vamos lavar a moto dele enquanto ele corta o cabelo -, além de serviço de tatuagem. Nossa expansão é para agradar ainda mais os amigos”, detalha.
Com média de 50 clientes sendo atendidos todos os dias, a barbearia já chegou até a ter filas. 
“Corremos atrás e ampliamos o espaço aqui mesmo. Hoje o cliente pode marcar horário ou ser atendido por ordem de chegada. Sempre mantemos um tempo médio de atendimento de até uma hora se necessário. Não há necessidade de correr com o cliente. Aqui temos dedicação total em atendemos e fazer o serviço bem feito”, contou.
A barbearia é totalmente voltada ao público masculino, e até os pequenos têm seu espaço. “O final de semana tem muito movimento no espaço infantil e agora com a nova loja vamos ter até brinquedos e videogames, tudo para entreter as crianças”, acrescenta.
O horário do almoço e o final do dia são os mais frequentados durante a semana. Com uma cortesia a cada corte, a fidelização virou uma marca, mais do que clientes, eles se tornam amigos. “Conhecer pelo nome, saber suas cervejas preferidas, isso é um diferencial. A cada 10 serviços, ele tem um grátis. Tem também o primeiro chope por conta da casa. A clientela acolheu demais esse projeto e é uma felicidade enorme estar em Natal”, orgulha-se.
Uma tendência
Pierro Lins, 35 anos, é formado em Administração. Ele viu na pesquisa de mercado a chance perfeita para ingressar no mundo das novas barbearias.
“Comecei a estudar que tipo de negocio eu poderia abrir com ‘x valor’. Fiz um plano de negócio onde coloquei tudo, foi muito planejamento. A estética masculina tem crescido bastante e vi uma oportunidade em minhas pesquisas”, explica.
Observando a realidade local, ele não teve dúvidas para investir no empreendimento. 
“Identifiquei que aqui existe uma demanda reprimida muito grande, poucas barbearias oferecem o serviço exclusivo para homens e poucas tinham um serviço diferenciado”, conta.
Há dois meses aberta, a Barbearia do Escocês já pretende expandir as atividades. “Muitos não conheciam o serviço, mas o pessoal tem gostado. Já pretendemos aumentar o leque de serviços. Oferecer massagem, limpeza de pele e manicure”, detalha.
De acordo com o administrador, mais do que um serviço, ele criou uma marca. Com ambiente confortável e cortesia, a empresa tem conquistado o público.
“O conceito da marca é muito importante. Fugi um pouco daquilo que as barbearias fazem, até no logo você percebe isso. O pessoal tem trabalhado uma linha mais vintage eu quis trazer um conceito diferente. O cliente aqui se sente a vontade para conversar sobre qualquer assunto e ainda bebe uma cerveja”, acrescenta.
Fonte: Portal Nominuto

0 comentários:

Postar um comentário

Translate