31 janeiro 2016

Corrupção: Cinco Vereadores do interior de Pernambuco são presos por desvio de dinheiro público; prefeito está foragido

Eles estão no Presídio Rorenildo da Rocha, em Palmares, na Mata Sul de Pernambuco
Nesta quinta-feira (28), a Polícia Civil divulgou o nome de cinco vereadores e um funcionário da prefeitura foram presos em Belém de Maria, Zona da Mata Sul de Pernambuco, na segunda etapa da Operação Pulverização. Eles são suspeitos de participar de um esquema de desvios de recursos por meio de fraudes e licitações.
Entre os detidos, estão os vereadores Carlos José Soares, Antônio José da silva, Joseval Carlos dos Santos, Jailson José da Silva e o presidente da Câmara, José Jairo Leonildo. Além dos parlamentares, um funcionário, identificado por Flávio Roberto da Silva, que seria o supervisor de serviços da prefeitura de Belém de Maria também foi preso.
Os homens estão no Presídio Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares, na Mata Sul. A polícia ainda cumpriu 13 mandados de busca e apreensão e entre eles estava a casa do secretário de turismo, Erivaldo Ferreira, que está foragido. De acordo com o delegado, Vladimir Lacerda, oprefeito do município e mais cinco pessoas estão foragidos.
Operação Pulverização - Segundo a Polícia Civil, as prisões são um desdobramento de outra operação, realizada em novembro ano passado, na qual um grupo foi preso suspeito de desviar R$3 milhões da Prefeitura de Belém de Maria, criar empresar fantasmas, lavagem de dinheiro e fraudar licitações. Na época, a Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar, cumpriu mandados no município, Palmares, Atende, Caruaru e Água Preta, no Agreste e Zona Mata Sulde Pernambuco. O prejuízo aos cofres da prefeitura já ultrapassam R$6 milhões de reais.
G1

0 comentários:

Postar um comentário

Translate