31 janeiro 2016

Cartão de crédito pode ser seu aliado; veja dicas

Com aumento de juros em 431,4%, é preciso atenção com limite, parcelamentos, pagamento mínimo e anuidade.
Com o juro no rotativo do cartão de crédito fechando 2015 com aumento de 431,4%, fica difícil enxergar essa possibilidade de compra como uma aliada das finanças. Com algumas dicas, no entanto, é possível fazer com que o cartão deixe de ser o vilão de sua vida financeira.
Segundo Reinaldo Domingos, educador financeiro e presidente da DSOP Educação Financeira, alguns cuidados podem ajudar a “fazer as pazes” com o cartão de crédito. Uma deles é se atentar ao limite que, de acordo com ele, não deve ultrapassar 50% de seu salário ou ganho mensal. “O que evitará gastar mais do que se recebe”, diz. 
Procurar cartões que não cobrem anuidade e prestar atenção aos parcelamentos também ajuda. 
Outra dica é não pagar – de forma alguma – a parcela mínima da fatura. “As altas taxas de juros cobradas acabam levando a pessoa à inadimplência. Caso não consiga pagar a parcela total, procure outra linha de crédito que não possua juros que ultrapassem 2,5% ao mês”, alerta o educador.
Reinaldo destaca ainda que, caso você tenha apenas um ganho mensal, possua apenas um cartão de crédito; caso ganhe semanalmente, poderá ter até três cartões, para os dias 10, 20 e 30. “Com isso, poderá comprar seis dias antes do vencimento de cada um deles, ganhando 36 dias para pagamento.” 
O cartão de crédito, quando bem usado, pode oferecer algumas vantagens, como prêmios ou milhagens. 
Cheque especial
Não foram apenas os juros do cartão de crédito que dispararam. Os juros do cheque especial chegaram à marca de 287%, o maior nível desde abril de 1995. Reinaldo ressalta que o dinheiro do cheque especial não é uma extensão do seu salário. “Este valor pertence ao banco e ele que estabelece as regras”, lembra.
Há bancos que oferecem a possibilidade de uso do limite do cheque especial por dez dias sem cobrança de juros, basta pesquisar e agir com consciência, afinal, o valor que se paga de juros mensalmente - mesmo que a princípio não pareça muita coisa - pode ser utilizado de uma forma mais rentável.
Fonte: Nominuto

0 comentários:

Postar um comentário

Translate