28 novembro 2015

Prefeito de Olho D'água do Borges e Vereadores desobedecem Recomendação do MP e aprovam contrato por Tempo Determinado de um ano para a Saúde

Prefeito jamais obedeceu o Ministério Público. Por isso, deverá ser enquadrado na Legislação do MP juntamente com o Vereador João de Anacleto.
Vereador João de Anacleto e o Prefeito Brenno desafiaram  o Ministério Público
Ministério Público Recomendou ao Prefeito e Vereadores de Olho D'água do Borges para se absterem de votar Projeto de Lei de Contrato Provisório.
Mesmo assim, o Prefeito Brenno Queiroga encaminhou à Câmara Projeto de Contratação Provisória pelo período de 1 ano para área de Saúde.
Prefeito teve como defensor radical o Vereador  João de Anacleto que desafiou o Ministério Público. Edil menosprezou MP e foi taxativo em afirmar que a Promotora de Umarizal fez uma Recomendação pífia, pois Recomendou Prefeito e Vereadores a se Absterem de votar projetos de qualquer natureza no sentido de se absterem de votar matérias inerentes aos contratos. MP não tem moral para calar o Legislativo, disse vereador Anacleto.
Vereador deve estar constrangido em função de sua esposa ser "servidora fantasma" neste município. Por isso, deverá ser convocado a prestar esclarecimentos ao Ministério Público, Instituição que muito contribui na Democratização dos Serviços Públicos do nosso País.
Vale ressaltar que,  o Vereador Escolástico Paulino se absteve de votar, e os vereadores João Maria e Gildênia votaram Sim mas com justificativas plausíveis, pois destacaram que queriam desmascarar o Prefeito que diz que a Saúde de Olho D'água do Borges é a melhor do RN.
Já, os Vereadores do prefeito votaram Sim pela aprovação do projeto sem conhecerem e sem terem lido, inclusive dispensaram os votos da Comissão Permanente da Casa.
Contudo, Ata e Gravação da Sessão serão encaminhadas ao Ministério Público.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate