30 setembro 2015

PESQUISA CNI IBOPE REVELA QUE 82% DA POPULAÇÃO REJEITAM DILMA

IBOPE MOSTRA QUE REJEIÇÃO A DILMA É A MAIOR DE SEMPRE
DILMA ENFRENTA A MAIOR REJEIÇÃO A UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA DESDE A REDEMOCRATIZAÇÃO, SEGUNDO O IBOPE.
Dilma Rousseff tem o apoio de apenas 10% dos eleitores brasiles, conforme pesquisa do Ibope divulgada nesta quarta-feira (30). A avaliação negativa da presidente soma 82%, incluindo os que avaliam Ruim/péssimo (69%) e regular (21%). Apenas 1% dos entrevistados não sabem o que dizer,
Em julho, pesquisa do Ibope indicava apoio de 9% e rejeição, enquanto 68% dos brasileiros consideravam o governo ruim ou péssimo. A rejeição anterior ao governo Dilma (68%) era a maior já registrada pela série histórica das pesquisas Ibope desde a redemocratização.
A pesquisa divulgada nesta quarta pelo Ibope foi realizada entre os dias 18 e 21 de setembro e ouviu 2.002 pessoas em 140 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.O levantamento foi contratado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Fonte: Diário do Poder

Fantástico veio ao RN saber “cadê o dinheiro que tava aqui?”

Uma equipe do Fantástico, liderada pelo repórter Eduardo Faustini, chegou a Natal ontem (29). Ele deve gravar para o quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”. Onde? Mistério.
Fonte: Robson Pires
DESTE BLOG: Bem que poderia vir a Olho D'água do Borges verificar in loco 'obras inacabadas' e 'servidores fantasmas'.

Uma Multidão na Procissão de Encerramento da Festa do Padroeiro de Umarizal/RN no final da tarde de ontem (29)

Fotos: Welitânia
CORAÇÃO DE JESUS É O PADROEIRO DE UMARIZAL










Presidente Dilma sancionou ontem a mini reforma política com a redução do prazo de filiação partidária

Clique Aqui e veja Lei na íntegra


Veja ainda os principais pontos esperados pelos políticos:

1) vetada a possibilidade de doação por pessoa jurídica acompanhando a dedicação do STF.

2) vetada a possibilidade de impressão do voto.

3) sancionada a mudança do prazo de filiação partidária para candidatos. Agora, quem for concorrer a cargo eletivo, deve se filiar seis meses antes do pleito. Atualmente, o prazo é de um ano.

4) mantida a janela de 30 dias antes do prazo de filiação, no final de mandato

5) sancionada a mudança no tempo de campanha. De 90 dias, o período eleitoral passa a ser de 45 dias.a) 

"Art. 22-A. Perderá o mandato o detentor de cargo eletivo que se desfiliar, sem justa causa, do partido pelo qual foi eleito. 

b) Parágrafo único. Consideram-se justa causa para a desfiliação partidária somente as seguintes hipóteses: 

c) I - mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário; 

d) II - grave discriminação política pessoal; e 

'JANELA'
e) III - mudança de partido efetuada durante o período de trinta dias que antecede o prazo de filiação exigido em lei para concorrer à eleição, majoritária ou proporcional, ao término do mandato vigente."

TSE aprova registro do Partido da Mulher Brasileira, o 35º do país

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta terça-feira (29) o registro para o Partido da Mulher Brasileira (PMB), a 35ª legenda oficialmente reconhecido no país. Com a decisão, a nova legenda poderá disputar as eleições municipais do ano que vem. O partido adotará nas urnas o número 35.
O estatuto do partido não proíbe a filiação de homens e rege-se “sem restrições de qualquer ordem: sexual, social, racial, econômica ou religiosa”. Ainda conforme as regras, poderá se filiar “todo cidadão na plenitude de seus direitos políticos que estiver de acordo com o Manifesto e o Programa partidário”.
O partido começou o processo de criação em 2008 e, desde então, obteve apoio de 501 mil eleitores, quantidade que supera o mínimo atualmente exigido pela lei, de 486 mil (o equivalente a 0,5% dos votos dados para o cargo de deputado federal nas eleições do ano passado).
O PMB também comprovou possuir mais de nove diretórios no país, outro requisito: já existem unidades em Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Roraima e Sergipe.
Ao final da aprovação no TSE, a fundadora e presidente da legenda, Suêd Haidar Nogueira disse que a ideia do PMB surgiu da necessidade de maior participação e respeito das mulheres em instâncias partidárias.
“Agora é um novo caminho que vamos trilhar, dentro do Partido da Mulher Brasileira, para que possamos ter os nossos direitos garantidos, afirmados, dentro de tudo aquilo que sempre buscamos”, disse a fundadora, que é comerciante.
No site da legenda, o PMB se define como um partido de “mulheres progressistas”, “ativistas de movimentos sociais e populares” e que, junto com homens, “manifestaram sempre a sua solidariedade com as mulheres privadas de liberdades políticas, vítimas de opressão, da exclusão e das terríveis condições de vida”.
“Todos os partidos políticos têm mulheres, contudo a vida cotidiana de mulheres continua na mesma, dia após dia, ano após ano. Apesar do trabalho partidário perseverante de muitas mulheres, os interesses de mulheres nunca foram prioritários”, diz o texto.
Em outro trecho, o partido diz que “a balança da história está mudando; a força perde seu ímpeto e, com satisfação observamos a Nova Ordem Mundial que será menos masculina, mas permeada pelos ideais femininos ou, melhor dizendo, será uma Era na qual os elementos masculinos e femininos estarão em maior equilíbrio”.
G1


Ex-governadora Rosalba Ciarlini se filia ao PP e aguarda julgamento no TSE para definir candidatura à prefeita de Mossoró

Já tem partido a ex-governadora Rosalba Ciarlini, ex-DEM.
Ontem a Rosa assinou ficha de filiação ao PP, partido presidido pelo cunhado e ex-deputado Betinho Rosado.
A ex-governadora aguarda agora a posição do TSE, que na próxima semana deverá julgar matéria referente à sua atual situação de inelegibilidade.
Caso seja absolvida, vai disputar a Prefeitura de Mossoró.
Partido já tem.

Do Blog de Thaisa Galvão

Representação que questiona pensão de ex-governadores é encaminhada à PGRP

O procurador da República, Victor Queiroga, que atua no Ministério Público Federal em Assu (RN), encaminhou à Procuradoria Geral da República (PGR), em Brasília, uma representação que pede a análise da chances de ajuizamento de ação contra a decisão do Governo do Estado que regulamentou o pagamento das pensões vitalícias aos ex-governadores José Agripino e Lavoisier Maia. 
AJosé Agripino e Lavoisier Maia foram beneficiados com ato do governador
Se o pedido for aceito, a PGR poderá ingressar com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental , ou seja, uma ação, ajuizada exclusivamente no STF, que visa evitar ou reparar lesão a preceito fundamental, resultante de ato do Poder Público. De acordo com o Procurador Victor Queiroga o decreto viola os princípios de igualdade (artigo 5º da Constituição Federal), da moralidade e da impessoalidade (artigo 37).

Novos Rumos: Operação do MPRN e da Polícia Militar combate corrupção na corporação

Novos Rumos: Operação do MPRN e da Polícia Militar combate corrupção na corporação
Deflagrada nesta terça-feira, operação resultou na prisão de 12 policiais militares que se associaram para prática de crimes, e é um desdobramento da operação Citronela, deflagrada na semana passada na favela do Mosquito
O Ministério Público Estadual repassou detalhes da Operação Novos Rumos, deflagrada nesta terça-feira (29), em conjunto com a Polícia Militar, que prendeu preventivamente 12 policiais lotados no 9º Batalhão da Polícia Militar, instalado no bairro da Cidade da Esperança, zona Oeste da Capital, que se associavam para a prática de vários crimes.
Tiveram prisões preventivas decretadas os seguintes Policiais Militares, todos lotados no 9.º BPM: Ivan Ferreira da Silva Tavares, André Luiz da Silva Pereira, José Cherls Firmiano da Silva, Isaac Raphael da Cruz Dumaresq, Thiago Vale Rabelo Teixeira, Damião Alves da Cunha, Marcos Garcia Marinho, Marcio José da Silva Martins, Werson Magno de Carvalho, Antônio Marcos Oliveira da Silva, Wilton Franco da Silva e Anderson Oliveira Frasseti Maia.
A Operação Novos Rumos é desdobramento da Operação Citronela deflagrada na última sexta-feira na favela do Mosquito para repressão ao tráfico ilícito de entorpecentes e combate ao proveito financeiro do crime.
Participaram da entrevista concedida aos jornalistas, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Candelária, o Promotor de Justiça Jorge Tonel, com atuação perante a 11ª Vara, voltada para a auditoria militar, a Coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Promotora de Justiça Patrícia Martins, o Promotor de Justiça Sílvio Brito, o Comandante Geral da PM/RN, Coronel Ângelo Azevedo e o Comandante do Bope, Tenente Coronel Rodrigo Trigueiro.
“Há indícios claríssimos da participação quase simbiótica desses policiais numa prática contumaz de vários crimes”, informou o Promotor de Justiça Jorge Tonel sobre a atuação dos policiais do 9º BPM investigados e presos preventivamente por autorização da Justiça.
Investigação iniciada ainda em outubro do ano passado, inclusive com interceptações, revelou que policiais receberam vantagem indevida para livrar traficantes que haviam sido flagrados de posse de quantidade expressiva de entorpecente. Havia uma relação espúria entre os policiais presos e colaboradores de Joel Rodrigues da Silva, também preso na última sexta durante Operação Citronela na favela do Mosquito.
“Havia essa associação para corromper e obter vantagens por esse pessoal que não cumpria com o dever de ofício. O nome da operação é exatamente o objetivo que se quis imprimir Novos Rumos para a polícia militar do Rio Grande do Norte”, disse a Promotora de Justiça Patrícia Martins.
O Comandante da PM, Coronel Ângelo Azevedo, disse que a instituição ainda está finalizando o levantamento funcional dos policiais presos e identificou que, pelo menos um deles, o Thiago Vale Rabelo Teixeira, respondeu processo em âmbito interno da corporação.
“A PM tem 181 anos e não são fatos como esses que vão nos abalar. Lamentavelmente ainda existe esse tipo de acusação, mas estaremos sempre de cabeça erguida e prontos para apurar”, destacou o Comandante da PM.
Se observou que a prática de corrupção não era uma eventualidade, mas sim sistemática pelos 12 policiais presos e lotados no 9º BPM. Foram constatados na investigação, recebimento de dinheiro e bens como armas, notebook, perfumes, queijos, dentre outros, para a não realização dos flagrantes.
Outros fatos graves igualmente foram provados nos autos, como a ação de retardar, indevidamente, a realização de abordagem policial, após verificarem que pessoas não identificadas estavam furtando peças de roupa de uma Loja no bairro da Cidade da Esperança, dando tempo dos mesmos se evadirem e logo em seguida, os próprios policiais furtarem objetos, durante a noite, ao entrarem na loja para verificar a cena do crime, portanto com abuso de confiança e gravíssimo desvio funcional.
Também foi identificada a relação promíscua entre policiais militares e esquemas de jogos clandestino, mediante o recebimento regular de propina para se omitir em face de casas de “bingo” e outros jogos de azar.
A conduta dos policias investigados era objeto de repulsa e indignação dos próprios praças da corporação, que não compactuavam com o esquema, gerando-se conflitos com os investigados em razão de tais métodos, sendo que os policiais investigados desdenhavam dos colegas que questionavam tais ações e lhes cobravam honestidade.
A própria Polícia Militar já havia acionado o Ministério Público pedindo o aprofundamento de informações que davam conta da prática de crimes no âmbito do 9º BPM, dando a Corporação, na sequência, irrestrito respaldo às investigações realizadas pelo Gaeco. Os policiais estão detidos em batalhões da PM preventivamente enquanto é dada continuidade a investigaçã

29 setembro 2015

Giannini Alencar receberá na tarde de hoje o título de Cidadão Mossoroense em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao município

Em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo cantor Giannini Alencar na cidade e sua dedicação à música de cultura nordestina, nesta terça-feira a Câmara Municipal de Mossoró estará homenageando-o com a entrega do Título de Cidadão Mossoroense, em sessão solene que acontece no Teatro Dix-huit Rosado, às 17h.
Giannini sempre ressaltou o grande amor por Mossoró e o quanto esta cidade significa para a sua carreira musical e sua vida. Mesmo sendo natural de Olho d'agua do Borges, o cantor faz de Mossoró seu segundo lar e dedica suas conquistas ao carinho do povo da cidade.
O cantor veio para Mossoró na época da adolescência em busca de melhores estudos. Cursou o ensino médio e chegou a fazer faculdade de música, mas como estava envolvido na carreira musical desde os 12 anos, decidiu deixar a faculdade e se dedicar de forma integral ao seu talento.
Com apenas 25 anos, esse jovem cantor já tem 10 anos de estrada e coleciona alguns sucessos, além do grande carinho do público que o acompanha em seus shows e em suas redes sociais.

TSE julgará registro do PL neste dia 30

PROCESSO : RPP Nº 15305 - Registro de Partido Político UF: DF
JUDICIÁRIA
Nº ÚNICO: 15305.2015.600.0000
MUNICÍPIO: BRASÍLIA - DFN.° Origem:
PROTOCOLO: 56782015 - 23/03/2015 18:48
REQUERENTE: PARTIDO LIBERAL (PL) - NACIONAL
ADVOGADO: MIGUEL DUNSHEE DE ABRANCHES FIOD
IMPUGNANTE: DEMOCRATAS (DEM) - NACIONAL
ADVOGADO: FABRÍCIO JULIANO MENDES MEDEIROS
ADVOGADA: CAROLINA CARDOSO GUIMARÃES LISBOA
ADVOGADO: CARLOS BASTIDE HORBACH
IMPUGNANTE: PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (PMDB) - NACIONAL
ADVOGADO: GUSTAVO DO VALE ROCHA
ADVOGADO: RENATO OLIVEIRA RAMOS
ADVOGADO: MARCELO DE SOUZA DO NASCIMENTO
ADVOGADO: FELIPE ROCHA DE MORAIS
IMPUGNADO: PARTIDO LIBERAL (PL) - NACIONAL
ADVOGADO: MIGUEL DUNSHEE DE ABRANCHES FIOD
RELATOR(A): MINISTRO TARCISIO VIEIRA DE CARVALHO NETO
ASSUNTO: REGISTRO DE PARTIDO POLÍTICO
LOCALIZAÇÃO: ASPLEN-ASSESSORIA DE PLENÁRIO
FASE ATUAL: 28/09/2015 18:11-Recebimento

Partido Verde promoveu I Encontro Regional em Caraúbas


Na manhã de sábado passado na cidade de Caraúbas, na região oeste do estado foi realizado o I Encontro Regional do Partido Verde, que teve como objetivo o fortalecimento do partido a nível local, regional e estadual.

O encontro foi muito movimentado e contou com participantes de lideranças de diversas partes do Estado, entre eles, o presidente do Diretório Estadual do PV RN, Rivaldo Fernandes; o presidente do Diretório Municipal de Caraúbas, Naldo do Recanto; o ex-prefeito de Caraúbas, o jornalista Júnior Gurgel; o presidente estadual do PTC, Rodrigo Azevedo; PV jovem de Mossoró, Renan Nogueira, PCdoB de Caraúbas, Tanildo Fernandes; Presidente do PV Mossoró, João Gentil; da Fetarn, o advogado Marcos George; Regional Agreste Joel; Roberto Lopes de Natal; Presidente do PTC de Caraúbas, Carlos de Zé Branco; presidente do PV de Olho D. do Borges,  vereador Escolástico; Vereadora Socorro Melo; presidente do PHS, Alexsandro Santos, entre outras autoridades.

Presidente do Diretório Estadual do PV RN, Rivaldo Fernandes

O encontro foi realizado no plenário da Câmara de Vereadores de Caraúbas e muitos tiveram a oportunidade da palavra, todos comungando de um só pensamento: discutir medidas de fortalecimento e crescimento do partido em todo o estado, além de servir para apresentar os projetos e objetivos da sigla para as eleições do próximo ano.

Faltando aproximadamente um ano para as eleições municipais, o evento contou com figuras ilustres do cenário político de Caraúbas. Tanto da oposição, como da situação e também da linha independente.



Rivaldo Fernandes retorna ao comando do  PV visando democratizá-lo, recriá-lo
Naldo do Recanto, Presidente do PV em Caraúbas

Planária


Vereador Escolástico Paulino, Presidente do PV em Olho D'água do Borges
Membro do Diretório Estadual do PV



João Gentil, Presidente do PV Mossoró e Secretário do Meio Ambiente em Mossoró


Rivaldo Fernandes proferiu discurso progressista

Rivaldo de Caraúbas, defensor intransigente do meio ambiente

SIMONE, pré-candidata a vice-prefeita de Caraúbas
Texto e fotos do Icém Caraúbas

Kassab tenta nova ofensiva para desarmar o PMDB

kassab PSD



O ministro Gilberto Kassab (Cidades) corre para recriar o Partido Liberal e assim formar um bloco governista, com até 28 deputados federais, para rivalizar com o PMDB, que tem acentuado a crise política do governo Dilma. Com a aliança com o PSD, Kassab reuniria 62 deputados, quase o mesmo tamanho do PMDB (66).
Segundo reportagem de Gustavo Uribe e Natuza Nery, a pedido do ex-prefeito de São Paulo, integrantes do Palácio do Planalto adiaram a publicação da sanção presidencial à reforma política aprovada pelo Congresso. Na nova lei, deputados federais só podem mudar de partido sem risco de perder o mandato no sétimo mês anterior às eleições.

Prefeita de Brejinho se filia ao PSD na presença de Robinson e Ezequiel

Depois de ter percorrido municípios do Alto Oeste Potiguar, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa visitou na noite deste domingo (27), o município de Brejinho, no Agreste Potiguar.
No Teatro Municipal, Ezequiel prestigiou a convenção do PSD, onde a prefeita Dra. Ivete Matias assinou a ficha do partido. O governador Robinson Faria também participou do evento.
Heitor Gregório TN

GOVERNO DO RN PUBLICA NOTA PEDINDO FIM DA GREVE NA UERN

O Governo do Estado do RN dirige-se à população, e em especial aos alunos, professores e servidores técnicos da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), para prestar os seguintes esclarecimentos a respeito da paralisação dos serviços da instituição: 
1 – Desde o início do ano, o governador Robinson Faria e secretários receberam os representantes da Universidade por catorze vezes, para ouvir e encaminhar os pleitos da instituição, entre eles o de reajuste salarial para os professores e técnicos administrativos, recebido mesmo diante do grave momento de crise econômica em todo o país. De janeiro para cá, foram seis audiências dos representantes da UERN diretamente com o governador e oito audiências com a secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, em um claro sinal de diálogo aberto e permanente com a instituição; 
2 – Apesar da exposição do governo a respeito das sérias dificuldades financeiras enfrentadas e do encaminhamento dos pleitos para a avaliação da área jurídica, os professores optaram por deflagrar a greve em 25 de maio deste ano. No dia 29 de maio, o Governo divulgou nota esclarecendo que aguardava os pareceres técnicos para a aferição da viabilidade do reajuste. No entanto, foi confirmado o impedimento para a concessão do aumento em função de o Estado encontrar-se acima do Limite Prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, e não poder reajustar despesas com pessoal, sob pena de incidir em ato de improbidade administrativa; 
3 – Mesmo com o primeiro parecer negativo, está sendo buscado um novo entendimento, que não implique em aumento de despesas com a folha de pessoal. Ou seja, a negociação permanece, respeitando os trâmites necessários. Não há fechamento do diálogo nem necessidade de pressão do movimento paredista para que haja prosseguimento na análise; 
4 – Ao longo dos quatro meses pelos quais se estende a greve, o governo vem respeitando os repasses mensais para o custeio da universidade e o pagamento dos salários de professores e servidores, que já somam o montante de R$ 58,8 milhões somente entre junho e setembro, período em que a universidade permaneceu em paralisação. Deste montante, R$ 56,6 milhões foram gastos com folha de pessoal; 
5 - Importante ressaltar que diferentemente de outros órgãos do Governo, a UERN não sofreu qualquer contingenciamento orçamentário. No entanto, os valores que deveriam estar custeando o estudo e aprendizado de cerca de 15 mil estudantes vêm sendo pagos sem o devido retorno com a prestação dos serviços. 
O Governo do Estado se solidariza com os alunos da instituição e renova o apelo aos professores e servidores da UERN para que retornem ao trabalho, evitando o prolongamento de uma greve que soma prejuízos irreparáveis não somente aos estudantes, mas a toda a sociedade. Que prevaleça o sentimento de união e responsabilidade. É preciso garantir o retorno ao aprendizado dos milhares de estudantes e a preservação da UERN, um patrimônio do povo potiguar. 
Governo do Estado do Rio Grande do Norte

MPF denuncia ex-prefeita de Água Nova por irregularidades no uso de recursos federais

O Ministério Público Federal (MPF) em Pau dos Ferros apresentou três ações de improbidade e três ações penais contra a ex-prefeita de Água Nova, Iliene Maria Ferreira de Carvalho Ribeiro. Ela foi denunciada à Justiça por ter aplicado irregularmente recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Programa de Farmácia Básica e do Programa de Atenção Básica (PAB).
As ações são de autoria do procurador da República Marcos de Jesus e, duas delas, que tratam dos recursos do PNAE, também incluem como denunciada a então presidente da Comissão Permanente de Licitação, Maria Ivânia Ferreira de Carvalho Lima.
Em 2005, Iliene e Maria Ivânia permitiram a contratação direta de empresas para fornecer a merenda às escolas, com R$ 11.799 em recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar. Não houve licitação e nem mesmo procedimento formal de dispensa ou inexigibilidade.
A contratação direta ilegal se repetiu com os recursos do Programa Farmácia Básica. Entre 2005 e 2006, Iliene Maria também dispensou licitação para a aquisição de medicamentos e insumos dentro do programa, envolvendo repasses de R$ 48.755,02.
Outras duas ações tratam da aplicação indevida de recursos do Programa de Atenção Básica, voltado para a área de saúde e que deve ser aplicado em iniciativas de prevenção, tratamento e reabilitação, mas sempre na atenção básica. De 2005 até abril de 2006 a Prefeitura recebeu 14 parcelas de R$ 3.024,67 do PAB.
Um relatório de fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU) apontou que a então prefeita repassou parte dos recursos para pagamento de procedimentos de média e alta complexidade, que não fazem parte dos objetivos do PAB. Esses procedimentos foram realizados, inclusive, em “instituições privadas ou estabelecimentos de profissionais liberais”.
As ações foram protocoladas na Justiça Federal sob os números 0000209-73.2015.4.05.8404; 0000211-43.2015.4.05.8404; 0000210-58.2015.4.05.8404; 0800186-94.2015.4.05.8404; 0800187-79.2015.4.05.8404; e 0800188-64.2015.4.05.8404.

* Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no RN

28 setembro 2015

Pagamento dos Servidores do RN

-Dia 29/09 - aposentados e pensionistas.
-Dia 30/09 - Demais servidores, independentemente de valor e Secretaria.


UERN: Comando de Greve participa de Assembleia Universitária

O comando de Greve dos docentes da Uern participa, na noite de hoje, da Assembleia Universitária, evento que encerra as comemorações de 47 anos da instituição. Na oportunidade, os servidores protestam buscando resolução para a greve na universidade, que já se aproxima dos 130 dias e revolta toda a sociedade.
Os docentes definiram que estarão presentes na solenidade levando suas bandeiras e questionando o descaso com a instituição de ensino. O Presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Lemuel Rodrigues e o presidente do Sindicato dos Técnicos da Uern (Sintauern), Elineudo Melo, farão pronunciamentos destacando a importância e legitimidade da luta dos segmentos, na defesa dos direitos e do desenvolvimento da instituição de ensino.
Amanhã, a partir das 14h na sede da ADUERN, os docentes se reúnem com a diretoria da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) para debater os impactos que a paralisação de mais de quatro meses tem gerado no comércio de Mossoró e região e como a falta de resolução afeta toda a sociedade potiguar.

TSE julgará registro do Partido da Mulher Brasileira (PMB), nesta terça-feira (29)

PROCESSO :

RPP Nº 155473 - Registro de Partido Político UF: DF

Nº ÚNICO:

155473.2014.600.0000

MUNICÍPIO:

BRASÍLIA - DF

PROTOCOLO:

294522014 - 03/10/2014 16:19

REQUERENTE:

PARTIDO DA MULHER BRASILEIRA (PMB) - NACIONAL
ADVOGADO:

SILVIO ESTRELA MALLET
RELATOR(A):

MINISTRO LUIZ FUX

ASSUNTO:

REGISTRO DE PARTIDO POLÍTICO

LOCALIZAÇÃO:

GAB-GM-GABINETE DO MINISTRO GILMAR FERREIRA MENDES

FASE ATUAL:

22/09/2015 18:26-Para julgamento

Fonte: Portal do TSE

Festa com os 'Tremendões' realizada em Umarizal na noite do dia 26

Escolástico, blogueiro Cesimar e Welitânia
Casal Welitânia-Escolásico

Casal Toinho-Tânia
Da esquerda p/ direita: Prof. Escolástico, Dr. Francisco Rodrigues e o prof. Gildemberg


Da esquerda p/ direita: Tânia, Escolástico, Maninho e esposa Clédna



Casal Dr. Rodrigues-Euridete (Bebé)

Casal Gildemberg-Ester

Casal Sargento Carneiro-Novinha




Papa se reúne com vítimas de abusos sexuais na Filadélfia

Francisco prometeu que a Igreja prestará contas de todos os crimes referentes a abuso sexual cometidos por sacerdotes.
Francisco disse que os casos serão cuidadosamente supervisionados para garantir que os jovens sejam protegidos.
O papa Francisco se reuniu neste domingo (27), em encontro privado, com duas vítimas de abuso sexual na Filadélfia. O papa está desde sábado na cidade para participar do Encontro Mundial de Famílias. Ele prometeu que a Igreja vai prestar contas de todos os crimes referentes a abuso sexual cometidos por sacerdotes católicos.
Francisco disse que os casos serão cuidadosamente supervisionados para garantir que os jovens sejam protegidos e os responsáveis sejam devidamente julgados.
“Os crimes e os pecados de abusos sexuais cometidos não podem ser mantidos em segredo durante mais tempo”, afirmou, antes de se encontrar com as vítimas no início de uma reunião episcopal na manhã deste domingo.
Foi a segunda vez durante sua viagem aos EUA que o Papa falou sobre os casos de abuso sexuais cometidos pela Igreja. Em Washington, também falando para bispos, ele disse, na última quarta-feira, que os crimes de abuso sexual de menores pelos clérigos não devem se repetir jamais.
O papa Francisco aceitou nesta segunda-feira a renúncia de dois bispos dos Estados Unidos, dez dias após um promotor norte-americano ter apresentado denúncias criminais contra as dioceses chefiada por eles. Segundo o promotor, as dioceses não protegeram crianças de abusos sexuais cometidos por padres.
Fonte: Nominuto

CRISE NO GOVERNO: REFORMA MINISTERIAL AMPLIA DISTÂNCIA ENTRE TEMER E DILMA

RELATOS APONTOAM QUE NOVO ARRANJO DIMINUI O PODER DE TEMER
RELATOS APONTOAM QUE NOVO ARRANJO DIMINUI O PODER DE TEMER (FOTO: EBC)
As negociações para a composição da nova equipe ministerial da presidente Dilma Rousseff, articuladas por integrantes da cúpula do governo e por líderes dos partidos aliados, ampliaram o afastamento entre a petista e seu vice, Michel Temer. Conforme relatos de peemedebistas, o novo arranjo da Esplanada proposto pelo Palácio do Planalto diminui o poder de Temer, que, em resposta imediata, atuou para travar o avanço das mudanças.
As discussões sobre a nova divisão dos espaços do governo também ocorrem no momento em que Temer tem sido excluído pelo Planalto das principais decisões do Executivo. Desde o mês passado, quando Temer afirmou que "alguém" precisava unir o País diante do avanço das crises econômica e política, o poder dele vem sendo desidratado gradativamente.
Articulada nos bastidores, a reação do vice pode comprometer a reforma que tem por objetivo afastar o risco de impeachment da presidente no Congresso e aprovar o ajuste considerado vital para diminuir o impacto da crise econômica.
Na noite da quarta-feira passada, 23, no entra e sai de lideranças do PMDB do gabinete do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o ex-ministro e senador Edison Lobão (MA) deu a senha: "O presidente Michel Temer acha que é necessária, mas é contra a reforma agora".
Apesar de o senador condicionar o avanço da reforma ministerial à votação de propostas de interesse do governo, é outra a avaliação de congressistas da legenda. As negociações "emperraram", na avaliação deles, porque Temer entrou no circuito para embaralhar o avanço das mudanças sugeridas pela cúpula do Palácio do Planalto. O vice, para eles, percebeu que perderia espaços na Esplanada e, consequentemente, prestígio no partido. Nas palavras de um líder do PMDB, Temer "tem tensionado (as negociações)".
No rascunho da reforma apresentado aos congressistas por integrantes do Executivo, as Secretarias de Portos e da Aviação Civil, atualmente ocupadas por ministros ligados a Temer, devem ser distribuídas às bancadas do partido na Câmara e no Senado. Os deputados peemedebistas também devem indicar o novo ministro da Saúde, pasta que detém o maior orçamento da Esplanada.
Esse redesenho dos ministérios, que segue a lógica de que a preferência é de quem tem voto, tem sido comemorado no Congresso. Alguns peemedebistas lembram que, no início do governo, Dilma tratava dos principais espaços do governo federal apenas com os presidentes das legendas. Com o atual cenário de crise, em que o Congresso poderá conduzir um processo de impeachment, essa prerrogativa teve de ser revista e transferida às bancadas.
Programa
Mal recebida pelo Planalto, a frase dita por Temer em agosto serviu como mote para o programa partidário do PMDB que foi ao ar em cadeia nacional de rádio e TV na quinta-feira, 24. Entre os vários recados enviados ao governo, o programa apresentou a imagem de Temer, presidente da legenda, formada a partir de um mosaico composto pelas principais lideranças do partido. O jogo de imagens teve como objetivo mostrar que o vice-presidente conta com apoio interno.
Na prática, entretanto, após ser afastado da articulação política e isolado pelo Palácio do Planalto, nem deputados nem senadores do partido defenderam nomes do grupo de Temer para compor a equipe ministerial na semana passada.
O único da cota do vice-presidente que deve ficar na Esplanada é o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. Preocupado em assegurar o posto, ele tem intensificado o corpo a corpo com integrantes do partido no Congresso. A iniciativa dele se deve, em parte, pelos sinais de Temer de que, inicialmente, não indicaria ninguém para compor a nova equipe.
Renan e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), também adotaram a mesma postura. Embora as declarações públicas sejam nesse sentido, os dois "operaram" diretamente com os líderes do partido escalados para as negociações com o Planalto.
Líder do partido no Senado, Eunício Oliveira (CE) tem relatado todos os passos a Renan. E Cunha tem recebido "informes" do líder na Câmara, Leonardo Picciani (RJ). Uma das missões de Eunício é assegurar a permanência no primeiro escalão do ministro da Pesca, Helder Barbalho, filho do senador Jader Barbalho (PMDB-PA).
A Pesca deve ser incorporada ao Ministério da Agricultura, sob o comando de Kátia Abreu (PMDB). A informação nos bastidores era de que Helder deverá ocupar uma das vagas de "ministro de Temer" - Portos ou Aviação Civil. A segunda opção deve ficar com um deputado do PMDB, indicado por Picciani. (AE)

27 setembro 2015

Governador Robinson Faria e deputado José Dias continuam amigos apesar de rompidos politicamente

Para quem aposta na intriga pessoal do deputado estadual José Dias com o governador Robinson Faria…
Intrigados não almoçam juntos num fim de semana…
Apesar de rompidos politicamente, amigos.
De hoje:
Fonte: Thaisa Galvão

Translate