31 agosto 2014

ABC e América podem fazer história na Copa do Brasil

Equipes de Natal podem alcançar o Baraúnas, time de melhor desempenho na competição até o momento.

Rafael Araújo, 31 de agosto de 2014
Nas pontas, jogadores de ABC e América comemoram gols. Ao centro, Cícero Ramlho, artilheiro do Baraúnas na Copa do Brasil de 2005.
selofutebol
Os dois principais clubes do Rio Grande do Norte estão fazendo história na Copa do Brasil e podem fazer ainda mais. A melhor campanha do estado na competição até o momento é a do Baraúnas. O clube mossoroense fez bonito em 2005, quando chegou as quartas de finais do torneio, sendo eliminado pelo Cruzeiro e conquistando a 7° colocação do certame.

Em sua campanha extraordinária, o Baraúnas eliminou times como América Mineiro, Vitória (BA) e Vasco (RJ).
Apesar de ainda não terem superado o feito do Leão do Oeste, a dupla natalense já igualou suas melhores campanhas na competição nacional. ABC e América chegaram juntos as oitavas de final da Copa do Brasil de 2000. Mas, naquela ocasião, as duas equipes não conseguiram avançar à quartas de final.
O alvinegro foi eliminado da competição de forma invicta. O time potiguar empatou com o Palmeiras em Natal pelo placar de 3 a 3 e voltou a empatar em São Paulo, mas dessa vez pelo placar de 1 a 1. Com isso o ABC foi eliminado por ter sofrido mais gols jogando em casa. Já o América perdeu as duas partidas para o São Paulo. Na capital paulista o alvirrubro foi derrotado por 3 a 1, já em Natal perdeu pelo placar de 3 a 2.
Com isso, os dois maiores clubes do estado têm novamente a chance de fazer suas melhores campanhas na Copa do Brasil, e quem sabe superar a grande campanha do time mossoroense.
Confira a campanha do Baraúnas
1ª Fase
Baraúnas 2 x 1 América (MG)
América (MG) 2 X 1 Baraúnas (Baraúnas 4 x 2 nos pênaltis)
2ª Fase
Baraúnas 1 x 0 Vitória (BA)
Vitória 1 x 2 Baraúnas
Oitavas de Final
Baraúnas 2 x 2 Vasco (RJ)
Vasco (RJ) 0 x 3 Baraúnas
Quartas de Final
Baraúnas 3 x 7 Cruzeiro (MG)
Cruzeiro (MG) 5 x 0 Baraúnas
Fonte: Nominuto

0 comentários:

Postar um comentário

Translate