22 abril 2013

'Revista Veja': Rosemary tinha vida de rainha, e inquérito revela suas traficâncias

Veja
Foto
A amiga íntima do ex-presidente Lula, Rosemary Noronha, tinha vida de rainha durante seu governo. Segundo revelações da revista Veja desta semana, ela usava a influência com Lula para fraudar e trapacear no poder. A publicação afirma que teve acesso às 120 páginas resultantes da investigação oficial, mantida em segredo pelo governo, e descobriu a “extensão das traficâncias de Rose”, que teria encontrado diversas formas para se aproveitar do cargo que tinha. Rose, que se referia ao ex-presidente como “PR”, pedia favores com frequência a Lula. A certeza de que não sairia do cargo era tanta, que ela tratava seus servidores de forma grosseira e arrogante, o que não acontecia com os poderosos, com quem ela sempre tentava obter vantagens pessoais como um fim de semana em um resort ou um cruzeiro de navio. Ela chegou a ser recebida com honras de chefe de estado na embaixada brasileira em Roma, onde teve todas as facilidades possíveis. De acordo com a revista, as investigações apontam ainda que, nos últimos dias, Rose tem demonstrado tristeza com os que eram seus amigos e se sentido largada e, desta forma, poderá abrir o jogo e contar o que sabe a qualquer momento. Rosemary Noronha foi exonerada do cargo de chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo após ter sido alvo de uma sindicância.

Fonte: Claudiohumberto.com.br

Translate