22 abril 2013

Pesquisa: aprovação de Dilma desaba para 39% entre pequenos empresários

Os dados da primeira pesquisa do Indicador de Atividade das Micro e Pequenas Indústrias do Estado de São Paulo, realizada a pedido do Simpi (sindicato do setor) e que representa mais de 200 mil empresas com até 50 empegados revelam que, apesar do desempenho da presidenta Dilma Rousseff ser considerado ótimo e bom para 65% da população, entre os empresários do setor a avaliação cai para 39%. "Isso mostra a necessidade da implementação urgentes de políticas eficazes para o setor", diz Joseph Couri, presidente do Simpi. O levantamento se estenderá por 11 meses e as informações coletadas farão parte de um índice inédito, que medirá o nível de atividade desse segmento da indústria. Uma empresa especializada fará uma análise internacional e a Universidade Mackenzie realizará estudos nas áreas econômica e jurídica, além de sugestões de políticas para o segmento. Couri lembra que a pesquisa destaca problemas do setor, como a concorrência com importados, apontada por 72% dos 304 empresários ouvidos. "As pessoas não estão desesperançosas, mas divididas quanto ao crescimento e preocupadas com a inflação", diz. No setor, 55% afirmam que a inflação vai subir, contra 45% da população. A inadimplência mostrou-se alta, com 39% das empresas endividadas.

Fonte: claudiohumberto.com.br

Translate