27 outubro 2012

Eleições 2012. Carlos Eduardo (PDT) e Hermano Morais (PMDB) disputam 2º turno em Natal. Pesquisas indicam vitória do pedetista

Na cidade mais populosa do Rio Grande do Norte, Natal (RN), com cerca de 817. 590 mil habitantes, pelo menos 526,426 eleitores devem ir às urnas no próximo domingo (28) para eleger seu novo prefeito. Na disputa, estão o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) e o deputado estadual Hermano Morais (PMDB). Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Eduardo teve a maioria de 153.464 votos e Hermano Morais ficou em seguida, com 87.380 votos no primeiro turno das eleições municipais.

O candidato que for eleito neste domingo será responsável por administrar a capital potiguar um ano antes de viver um de seus momentos históricos, como sede da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, além de reestruturar uma prefeitura marcada por uma gestão que não agradou a maioria dos potiguares (90,86% de reprovação, segundo a Certus Pesquisa e Consultoria), que chegaram a pedir o impeachment da atual prefeita, Micarla de Sousa (PV).

Saiba mais sobre o perfil dos dois candidatos


Carlos Eduardo Nunes Alves nasceu no Rio de Janeiro em 5 de junho de 1959, onde o pai Agnelo Alves trabalhava como jornalista, e desde os dois anos reside em Natal. É formado em Direito pela Faculdade Católica Santa Úrsula, do RJ. Se elegeu deputado estadual pelo PMDB em 1986. Em 2000, foi eleito vice-prefeito de Natal e assumiu a prefeitura quando Wilma de Faria se candidatou ao Governo do Estado. Em 2004 se candidatou a prefeito e foi reeleito.

Veja mais no hotiste Eleições 2012

Hermano Morais nasceu em Natal em 12 de fevereiro de 1962, filho de Seu Fernando e Dona Ivanira. É formado em Direito e tem pós graduação em Gestão Pública pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Eleito vereador em 1992.  Em 2010 foi eleito deputado estadual pelo PMDB com 35.294 votos.
Fonte: Diário de Natal Online

Translate