28 junho 2012

Funcionários de restaurante do Rio de Janeiro acertam Quina de S. João

O que você faria se ganhasse R$ 635 mil na loteria? Vinte funcionários de um restaurante da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, largaram o emprego. Eles dividiram o prêmio de quase R$ 13 milhões destinado aos acertadores da Quina de São João, sorteada no último sábado (23).
Sete bilhetes tinham as dezenas sorteadas; um deles, o do bolão dos funcionários do restaurante. O salário dos copeiros é de cerca de R$ 1.000, já contando as gorjetas; o dos garçons gira em torno de R$ 2.500.
Depois de ganharem o bolão, os premiados decidiram pedir demissão. E o estabelecimento, que tinha 47 funcionários, ficou sem quase metade de sua força de trabalho. “Seis iriam ficar mais um pouco na casa para treinar o pessoal novato, mas, depois de verem toda essa repercussão na mídia, optaram por não aparecer mais aqui”, conta o gerente Cícero Veloso Dias.
“As vagas de garçom já consegui preencher todas, chegaram a fazer fila aqui para pedir emprego. Ainda preciso de um cozinheiro e um copeiro; espero completar a equipe ainda essa semana”, acrescentou.Fora do bolão, o copeiro Osório ficou "famoso", mas lamenta: "São os outros que estão com dinheiro e em casa, eu estou aqui, duro?.


O copeiro Lúcio Flavio Gonçalves Osório, 32, conhecido no restaurante por ser um apostador frequente de loteria, acabou ficando fora do bolão premiado. “Em todos os bolões eu estava com a galera. É triste, mas parece que não era para ter sido meu. Sinto uma sensação de derrota, mas a vida continua. Mas não está sendo fácil ter que voltar para o trabalho. Estes foram os dez reais mais caros da minha vida, eu desisti da aposta na última hora”, lamentou.
"Disseram que vão dar uma gorjeta pra gente, mas é complicado. Tem pessoas que nessas horas não são coração. Se fosse eu que tivesse ganhado, com certeza eu ajudaria os colegas de trabalho", acrescentou.
Procurado por vários jornalistas para contar sua história, o copeiro acabou virando alvo de brincadeiras dos colegas, que agora dizem que ele “está famoso”. A resposta é imediata: “É, mas são os outros que estão com dinheiro e em casa, eu estou aqui, duro”.
Fonte: UOL

Translate