29 julho 2011

FIQUE POR DENTRO




 ROMÁRIO E A LEI SECA - SUSPENSA por 5 dias a carteira de motorista do deputado federal Romário., que se recusou a submeter-se ao teste do bafômetro, no Rio. Romário, que se diz abstêmio. Também foi multado. Essa é a segunda vez que isso ocorre. Ele ainda acrescentou: “Não fiz e não vou fazer”



 EX-SENADOR JÁDER BARBALHO - Negada pelo STF liminar para que Jader Barbalho (PMDB-PA) assumisse o mandato de senador. Ficha suja, ele terá o mérito de seu caso julgado em agosto. Na Câmara dos Deputados, uma decisão permitiu que outros fichas-sujas eleitos em outubro passado assumissem seus mandatos no dia 13. Foram eles: João Pizzolatti (PP-SC), Janete Capiberibe (PSB-AP) e Magda Mofatto (PTB-GO). O trio foi beneficiado pelo Supremo, que decidiu que a Lei da Ficha Limpa só vale a partir de 2012. Nesse caso, não foi respeitado o mesmo direito que tem o senador eleito Jader Barbalho.



 RONALDO FENÔMENO CANDIDATO A SENADOR – O ex-jogador é alvo, agora da cobiça de políticos. O PTB paulista sonha transformá-lo em um puxador de votos lançando sua candidatura ao Senado. O presidente da agremiação no estado, Campós Machado, já enviou a Ronaldo um emissário com essa proposta. Para sua satisfação, não recebeu uma negativa, mas uma resposta atenciosa. Entusiasmado, o político tenta marcar um encontro pessoal com Ronaldo no início de agosto, depois que o ex-jogador voltar das férias na ilha Ibiza, na Espanha.



 O MARANHÃO SEM REMÉDIO – A história ajuda a explicar a pobreza recalcitrante do Maranhão. Em 2005, uma faculdade controlada pela família do ex-deputado Paulo Marinho comprou um terreno no município de Caxias, no leste do estado, por 32 000 reais. Quatro anos depois, a área foi desapropriada pela governadora Roseana Sarney para a construção de um hospital. O governador maranhense pagou 3 milhões de reais, o que constitui uma estonteante valorização de 9 275%. Até agora, contudo, o estado não conseguiu a posse do terreno, porque ele foi penhorado pela Justiça por causa de dívidas fiscais do antigo dono. Roseana não sabia?





 AMACIANDO COLLOR – Sem alarde, Dilma Rousseff escalou Nelson Jobim para amaciar Fernando Collor na encrenca que se tornou o projeto que trata do SIGILO ETERNO para documentos oficiais. Segundo relato de Jobim a Dilma, Collor estaria disposto a ceder em alguns pontos. Dilma quer votar o projeto no próximo mês.



 GOVERNADORA ROSEANA SARNEY PARA MÁRIO DO ROSÁRIO, SECRETÁRIA DOS DIREITOS HUMANOS: QUEM MANDA AQUI SOU EU – Não foi exatamente tranqüila a visita oficial que as ministras Maria do Rosário e Luiza Bairros, dos Direitos Humanos e da Igualdade Racial, fizeram ao Maranhão no mês passado. Numa reunião com lideranças quilombolas, as duas fizeram algumas promessas. Beleza. Depois, dirigiram-se ao Palácio dos Leões para uma audiência com ROSEANA SARNEY. Ali, ouviram o que não queriam. Ciosa de sua autoridade, Roseana passou-lhe um pito. Disse que não admitia que fossem ao Maranhão oferecer coisas sem antes expô-las a ela: “Vocês têm de me respeitar. Não dá para chegar aqui, prometer e deixar a bomba na minha mão.





 DA PRESIDENTA DILMA: “Tem dias que eu fico triste. Quando acontece alguma coisa errada no governo, eu fico triste”.



 DO CANTOR FÁBIO JÚNIOR: “Prometi para os meus filhos que até o fim do mês não caso”. Isso, em tom de brincadeira ao falar de seus inúmeros casamentos.



 VICE-PRESIDENTE MICHEL TEMER ASSALTADO A MÃO ARMADA – Nem possuindo a obrigatória precaução de ANDAR DE CARRO BLINDADO e com SEGURANÇA fez Michel Temer escapar de uma impressionante tentativa de assalto na sexta-feira, 01, em SP. Temer estava no carro oficial em plena Avenida Cidade Jardim quando o sinal fechou. Ato contínuo surge um assaltante e bate o cabo do revólver na janela do motorista. “Abre, abre”, gritou. Ninguém, claro, abriu. Temer assustou-se, mas a blindagem do automóvel lhe dava alguma tranqüilidade. Só que o inesperado aconteceu: O BANDIDO ABRIU A PORTA, que, não se sabe por quê, não estava trancada. O pânico cresceu quando o sujeito enfiou o cano do revólver na têmpora do motorista. Nesse momento, seis seguranças de Temer, que o acompanhavam em dois carros, apareceram e dominaram o assaltante. Mais tarde, constatou-se que a arma era de brinquedo. O incidente todo durou uns trinta segundos inesquecíveis na vida de Temer.



 EDUCAÇÃO/PAIS: PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO DIFERENTE DE ACORDO COM A CLASSE SOCIAL. OS PAIS ACHAM (EM SUA MAIORIA) QUE A ESCOLA DE SEU FILHO É MUITO MELHOR DO QUE ELA REALMENTE É. Não é possível esperar uma mobilização da sociedade em prol da educação enquanto houver esse engano.

0 comentários:

Postar um comentário

Translate